Chocolate meio amargo faz bem a saúde

O chocolate meio amargo entre todos, é o mais saudável. Devido á sua grande quantidade de antioxidante, ele diminui o risco de doenças cardíacas e protege contra o câncer.

O chocolate preto ou meio amargo é elaborado à partir  da massa de cacau e da manteiga de cacau, o que confere uma grande quantidade de flavonóides, uma substância antioxidante que protege o organismo dos danos feitos pelos radicais livres.

chocolate-amargo
Chocolate meio amargo faz bem a saúde

Estudos indicam que o chocolate pode neutralizar os radicais livres, os “bichinhos” responsáveis pelo envelhecimento, diminuir as concentrações do colesterol ruim e aumentar o colesterol bom, além de reduzir a pressão sanguínea, contribuindo para a prevenção de doenças do coração. Além disso, o seu consumo proporciona sensação de prazer, controla a compulsão alimentar e a ansiedade, reduz a sensação de dor, relaxa e até melhora o sono.

Dica importante: Não se deve exagerar na dose. Comer em grande quantidade aumenta a glicose e os níveis de gordura.

Os benefícios de comer chocolate na gravidez: Chocolate durante gravidez pode ajudar a prevenir a pré-eclâmpsia (hipertensão). Uma pesquisa da Universidade Yale, nos Estados Unidos, sugere que mulheres que saboreiam a delícia ao menos cinco vezes por semana estão 40% menos propensas a desenvolver o problema do que aquelas que a consomem menos de uma vez. O composto teobromina, encontrado principalmente nas variedades amargas e meio-amargas, pode ser o responsável pelo benefício.

Chocolate é tudo igual?

Chocolate é tudo igual
Chocolate é tudo igual
Chocolate é tudo igual

Quando vamos a uma grande bombonieri ou a uma grande rede de supermercados, observamos uma grande oferta de chocolates. Diferentes combinações de sabores e consistências que fazem desta maravilha, uma tentação irresistível. Mas chocolate em si, é tudo igual? Definitivamente não! Para quem sabe saborear um bom chocolate, sabe que há chocolates e chocolates.

Existem aqueles que do chocolate só tem a cor, mas o gosto que é bom, muitas vezes nem de longe é sentido. Está  maispara “chocoaçucar”.

Há outros que tem a consistência leve, macia que combinado com castanha de caju, por exemplo, fica de lamber os beiços.

O que falar de chocolates com recheios como é caso do Inha Benta, da Kopenhagen, que com seu gosto doce do começo ao fim é um verdadeiro deleite para o paladar!

Existe também o meio amargo, para aqueles que não curtem os tradicionais chocolates ao leite. Perfeito para fazer brigadeiros e recheios de bolos.

Há o chocolate branco, para quem curte um intenso doce e o cacau de forma mais acentuada.

E o que falar dos crocantes, que combinado com um chocolate  de qualidade, fica quase impossível de se resistir.

Existe alguns com gostos mais excêntricos, e que apreciam uma bela truffa com recheio de licor, de morango, maracujá, limão etc..

O tradicional pão de mel também merece a nossa consideração, pois se a consistência do bolo combinada com um recheio de chocolate bem caprichado é dar água na boca!

Não podemos esquecer do velho e clássico maravilhoso Sonho de Valsa, que particularmente gosto muito. Seu chocolate tenro com seu recheio de gosto amendoado, faz deste bombom algo que nunca sai de moda, pois sua combinação perfeita é sempre atual.

O Brigadeiro é outra maravilha tipicamente brasileira. A combinação de Chocolate do padre, manteiga e leite moça, proporciona um Brigadeiro macio, saboroso e que no segundo e terceiro dia após ser feito, fica ainda melhor gostoso.

O chocolate é assim propicia misturas e combinações perfeitas que faz dele um produto que transita bem por todos os gostos e classes sociais. É uma guloseima que se renova de tempos em tempos para atender a gostos e paladares dos mais simples aos mais exigentes. Se existe algo que sempre estará ai enquanto existir a humanidade, esse é o chocolate, visto que ele é sinônimo de prazer  degustativo, recompensa, satisfação, elemento de sedução e erotismo. Honestamente, acredito que o chocolate deveria ser considerado uma das maravilhas do mundo.

 

 

 

 

A história do chocolate

A história do chocolate
A história do chocolate
A história do chocolate

A história do chocolate se inicia com os primeiros vestígios da descoberta do chocolate em cerca de 1.500 a.C. e vêm da civilização Olmeca que habitava o México na época.

Posteriormente o cacau foi utilizado pelos Maias e Astecas em forma de bebida, considerada sagrada. Nas cerimônias religiosas, o cacau torrado era servido com especiarias e mel e tinha gosto mais amargo. Nesse mesmo período, o cacau era tão valioso que foi até utilizado como moeda de troca. Esse foi o inicio da história do chocolate.

Cristóvão Colombo foi o responsável por levar o cacau até a Europa, apenas como curiosidade, tornando naquela época como grande especiaria por toda a Europa.

No início, apenas mulheres, nobre e sacerdotes consumiam o alimento em cerimônias religiosas.

Depois o cacau foi se popularizando e após o aperfeiçoamento de diversas técnicas chegou-se ao licor, criando-se um chocolate em pó de boa qualidade, o que tornou possível a criação do primeiro chocolate em barra.

O chocolate se populariza pela Europa, e em 1700 as Casas de Chocolate passam a competir com as tradicionais Casas de Café de Londres. Uma xícara de chocolate quente não era mais um luxo somente para os ricos.

A revolução Industrial e a invenção de diversas máquinas tornaram possível a produção em massa, além de tornar os produtos mais baratos, e o mesmo aconteceu com a indústria do chocolate.

No ano de 1746 é que se tem registro da primeira plantação de cacau no estado da Bahia. Em 1752, o cacau chegou à cidade de Ilhéus, tornando-se o principal polo de cacau da Bahia e com o maior porto exportador do país.

Típico de clima tropical, o cacaueiro encontra no Brasil um ambiente ideal para o seu cultivo, principalmente nas regiões do Espírito Santo e o sul da Bahia, Ilhéus. Hoje, nosso país (na safra 2011/12 produziu 220 mil toneladas) é o maior produtor da América Latina e um dos maiores do mundo ao lado da Costa do Marfim, de Gana e do Equador.

Em 1875, um fabricante suíço de chocolate criou uma barra de chocolate ao leite, usando leite fresco. Desde então, numerosas fábricas de chocolate em diversos países desenvolveram os mais variados tipos de chocolate – ao leite, amargo, meio amargo, branco, trufado, com sal (pode acreditar, já existe chocolate com pequenos grãos de sal), com ou sem nozes, licor e sem licor, e inumeráveis tipos de chocolates para satisfazer a todos os paladares e bolsos.

Chocolate na TPM: uma barrinha milagrosa

Chocolate na TPM: uma barrinha milagrosa
Chocolate na TPM: uma barrinha milagrosa

“Chocolate, chocolate, chocolate

Eu só quero chocolate”

Assim como a música do Tim Maia, muitas mulheres durante a TPM (tensão pré-menstrual) têm muito desejo de comer chocolate. E sim, a vontade é incontrolável. A cada mordida o mundo parece até mais alegre e colorido.

Além de ser doce, o chocolate tem uma grande quantidade de triptofano, uma substância que se transforma em serotonina, o hormônio do bem-estar. A serotonina ajuda a aliviar os sintomas da TPM e, portanto, pode e deve ser usada nessa fase do ciclo. No entanto, o excesso de calorias pode ser preocupante.

Mas para as mulheres que desejam muito chocolate durante esse período, há uma novidade no mercado que parece ser milagre embalado em pacotinhos – o ActiveSlim  TPM.

12

O chocolate em embalagem azul com 20g contém óleo dPrímula que é rico em Ácido Linoléico o que proporciona grande efeito anti-inflamatório, quem regulam os hormônios femininos, diminuindo a ansiedade e amenizando os efeitos indesejados desse período.

O chocolate ainda promete controlar o stress e não tem efeitos colaterais. Melhora a qualidade do sono e mantém a pressão arterial em níveis adequados. E a melhor parte é que garante fazer tudo isso sem interferir no seu ganho ou perda de peso.

E se ainda não está satisfeita com todos os benefícios dessa barrinha milagrosa, o chocolate ainda promete ser livre de glúten, lactose e adição de açúcares. Além de ajudar nos sintomas da TPM, ainda é aliado de pessoas com intolerância a lactose ou glúten.

É muito milagroso mesmo, mas e em relação às calorias (preocupação constante de muitas mulheres)? O chocolate também se sai muito bem nesse quesito, uma vez que apresenta 27% menos calorias que os produtos similares.

O preço dessa barrinha milagrosa varia em torno de R$ 4,00. Tudo bem, que quando comparado a outros chocolates, o preço é mais salgadinho, mas com tantos benefícios vale a pena experimentar.

A marca ActiveSlim ainda tem mais produtos na linha que prometem outros benefícios, a exemplo do Beauty (aliado a beleza), Fitness (ajuda a eliminar gordurinhas indesejadas), 50% (auxilia no controle da pressão, evitando a hipertensão) e 70% (oferece o máximo de antioxidantes altamente benéficos para o organismo).

Agora é importante ressaltar que o consumo excessivo não é indicado, e isso é válido para qualquer tipo de chocolate.

Você já experimentou esse chocolate contra TPM? Conhece algum outro que combate esses efeitos indesejados? Conta pra gente!

Benefícios do chocolate para a saúde

Benefícios do chocolate para a saúde
Benefícios do chocolate para a saúde
Benefícios do chocolate para a saúde

Estamos na semana de páscoa e os ovos e chocolates expostos por todo lado já nos deixam com os olhos brilhando e a boca salivando. No entanto, muitas vezes nos banimos de degustar essas delícias, mas o consumo moderado de chocolate pode trazer benefícios. Confira alguns destes benefícios:

1)      Combate o mau humor: pesquisadores da Universidade Middlesex, na Inglaterra, garantem que só o cheiro do chocolate já diminui o estresse e garante maior satisfação. Além de que o cacau contém uma substância conhecida como feniletilamina, que, quando ingerida inibe o mau humor.

 

2)      Fluxo arterial: estudos apresentam que o consumo de chocolate amargo inibe a coagulação de plaquetas que podem obstruir os vasos sanguíneos e colaboram na diminuição do colesterol ruim (LDL).

 

 

3)      Gravidez: durante a gravidez, em média, 5% das mulheres desenvolvem uma doença chamada de pré-eclampsia (causa elevação da pressão arterial). Para diminuir o risco da doença uma pesquisa da Universidade Yale, nos Estados Unidos, sugere que as mulheres grávidas saboreiem cinco vezes por semana pequenas quantidades de chocolate amargo.

 

4)      Previne o derrame: estudos realizados na Universidade McMaster, no Canadá, apontam que comer chocolate uma vez na semana, diminuem o risco de derrame e auxilia na recuperação de pacientes que tiveram isquemia cerebral. Os benefícios de incluir chocolate na dieta são dos flavonoides que são antioxidantes e conseguem dilatar os vasos sanguíneos.

 

5)      Beleza: ingerir chocolate regularmente pode auxiliar em manter a pele rejuvenescida, uma vez que combate os radicais livres, evitando a oxidação das células.

 

6)      Câncer de intestino: pesquisadores da Universidade de Georgetown, nos Estados Unidos, divulgaram que o consumo de chocolate pode diminuir os riscos de desenvolver câncer de intestino, uma vez que estes possuem antioxidantes, que servem para proteger as células das degenerações do tumor.

 

7)      Saciedade: estudos da Universidade de Chung Hsing, em Taiwan, mostrou que os ácidos fenólicos presentes no cacau podem aumentar a produção do hormônio leptina, que aumenta a sensação de saciedade. É difícil de acreditar, mas o consumo moderado de chocolate pode até auxiliar no emagrecimento.

 

8)      Melhora raciocínio e concentração: a cafeína presente no chocolate pode estimular a memória, a atenção, a concentração e o desempenho mental em geral.

 

*É importante considerar chocolates com menores teores de gorduras e açúcares, a exemplo de chocolates amargo e em quantidades moderadas.

 

Agora que já sabemos alguns dos benefícios propiciados pelo chocolate já podemos ter uma páscoa mais feliz e sem maiores preocupações. Mas é importante considerar o consumo de forma equilibrada.

Confira os benefícios do chocolate e curta a páscoa sem preocupações

Confira os benefícios do chocolate e curta a páscoa sem preocupações
Confira os benefícios do chocolate e curta a páscoa sem preocupações
Confira os benefícios do chocolate e curta a páscoa sem preocupações

Estando perto da páscoa as pessoas começam a se preocupar excessivamente com o quanto de chocolate vão consumir, com as calorias que precisam perder e se preocupam demais com os riscos que podem ter por consumir muito chocolate, porém vale lembrar a todos que o chocolate possui muitos benefícios, além de ser algo muito delicioso, confira o porque consumir chocolate com frequência e porque não precisa se preocupar com o quanto vai consumir no feriado de páscoa!

O chocolate é extremamente benéfico para sua saúde, principalmente para seus intestinos, algumas pesquisas divulgadas em 2008 revelaram que o chocolate ajuda a combater o câncer nesses órgãos, graças às propriedades antioxidantes do cacau, que são benéficas não só ao sistema digestório, porém para todo o corpo!

Ele faz bem ao coração, tanto emocionalmente quanto fisiologicamente, comer chocolate após um dia cansativo de trabalho, ou durante uma situação tensa do dia-a-dia ajuda a acalmar, pois libera endorfina na corrente sanguínea. Não só isso, mas também na parte fisiológica ele ajuda a reduzir os níveis de LDL (colesterol ruim), e como se apenas isso não fosse o bastante, o chocolate amargo com 70% de cacau ajuda a controlar a pressão arterial, graças às propriedades antioxidantes já citadas.

A doce iguaria também ajuda no seu físico! O chocolate é usado já faz algum tempo em tratamentos de beleza com cremes, banhos relaxantes, máscaras, entre outros, e também ele ingerido, graças aos já famosos antioxidantes, retardam o envelhecimento, e melhor ainda caso você pratique esportes, suas propriedades combatem os radicais livres, e ainda possui uma equilibrada quantidade de calorias, carboidratos e proteínas.

E aí? Vai um chocolate na páscoa? Que tal o ano inteiro?!

O vicio do chocolate

O vicio do chocolate
O vicio do chocolate
O vicio do chocolate

Você se considera viciado (a) em chocolate? Daquelas pessoas que se dizem ‘’chocólatras’’? Saiba que esse vicio tem uma explicação.

Uma estudo por especialistas no assunto provou que a vontade de comer um chocolate atrás do outro está relacionada com a activação no cérebro de um neurotransmissor semelhante à morfina, chamado encefalina, numa determinada região do cérebro, o neoestriado. Esse estudo foi testado em ratos. Eles perceberam que, ao dar m&m’s a encefalina e a morfina aumentavam quando eles comiam chocolate, e principalmente, ao comer rápido. Em situações normais os ratos comeram em média 10 M&M’s em vinte minutos. “Não são as encefalinas ou outras drogas similares que fazem os ratos gostarem mais de chocolate, mas as substâncias químicas do cérebro aumentam o desejo de os comer”, esclarece o comunicado de imprensa sobre o estudo.

“Isto significa que o cérebro tem mais sistemas do que se pensava para levar as pessoas a consumir” refere Alexandra DiFeliceantonio.  Parece provável que esta descoberta signifique que esse neurotransmissor possa comandar, nas pessoas, algumas formas de consumo excessivo e de dependência. Mas, o vicio do chocolate tem até que lados bons.  O chocolate, antes de dormir, recupera nossas forças e ajuda a embalar o sono.

Quando comemos chocolate, além do prazer, nos ajuda a relaxar, diminuir as tensões, e até mesmo as tristezas. E esse é um fator que contribui para o vicio.

Uma Curisoidade:  Existe um termo em inglês para essa compulsão: craving, algo como “fissura”.

chocolate-vicio-mulher-comendo-chocolate-mulher-viciada-em-chocolate-1341512004553_1920x1080

Chocolate dá espinhas: Mito ou verdade?

Chocolate dá espinhas: Mito ou verdade

Basta algumas espinhas aparecerem em nosso rosto, para pensarmos que é culpa do chocolate. Mas será mesmo que essas delicias nos causam espinhas?  Os responsáveis pelas acnes são os componentes utilizados no procedimento para deixar o chocolate mais doce, provocando o aumento de glicemia no sangue e, consequentemente, o surgimento das espinhas. O chocolate não causa espinhas, porém, pode causar enxaqueca, o que atualmente é um problema muito comum entre as pessoas.  O chocolate ajuda na aceleração do metabolismo, e isso sim, gera acne.

Chocolate dá espinhas: Mito ou verdade
Chocolate dá espinhas: Mito ou verdade

Ter chocolate amargo sempre à mão é uma ótima solução para minimizar os produtores de espinhas. “Os flavonóides do cacau mostram-se potentes para melhorar a estrutura da pele e o fluxo sanguíneo, o que faz das pequenas porções desse tipo de chocolate uma parte legítima e deliciosa do seu regime de cuidados da pele. Mas não pode abusar das porções”, explica Lisa em seu livro “A Dieta da Beleza” (Ed. Bestseller). Mas alguns estudos sugerem que a ingestão de grande quantidade de carboidrato refinado – encontrados em alimentos enlatados, processados, biscoito, massas e pão branco – e açúcar podem contribuir, sim, para o aparecimento da acne. Por isso, vale maneirar nesse consumo e não abusar do chocolate ao leite ou branco, até mesmo para ficar com a saúde em dia. Mas, vale lembrar que o maior causador de acne é a mudança hormonal constante. Woman-eating-chocolate-Chocolate-diet-Diet-and-xGa9nk-Wellbeing

A páscoa e as delícias do chocolate!

A páscoa e as delícias do chocolate
A páscoa e as delícias do chocolate
A páscoa e as delícias do chocolate

Estamos na semana da páscoa, e mais uma vez chegamos ao momento simbólico do renascimento de Cristo. A páscoa representa o renascimento, a renovação. Isso pode ser constantemente acrescentado as nossas vidas, haja vista que ao longo da vida, renascemos inúmeras vezes.

Aliado a isso, vem um período delicioso. A oportunidade de saborear os mais variados tipos de chocolate. Ah o Chocolate!…Uma das melhores invenções da humanidade e que nunca sai de moda. Tem ovos para todos os gostos e bolsos. Dos mais modestos e menos saborosos ao mais caros e saborosíssimos, como os chocolates Belga e suíço, por exemplo.

Não podemos esquecer também os chocolates caseiros, que são grandes concorrentes dos fabricantes tradicionais, alguns não ficando devendo absolutamente nada em matéria de qualidade a essas grandes marcas.

Além de todo esse simbolismo da páscoa, da infinita variedade de ovos com sabores prazeirosamente alucinantes, como se isso já não bastasse, o chocolate ainda nos proporciona uma maior produção de serotonina, neurotransmissor que promove a sensação de felicidade. Podemos afirmar com isso, que o chocolate é literalmente a fórmula da felicidade e do prazer degustativo.

Considerando tudo que o chocolate pode nos trazer de bom, este é um momento ideal do ano para compartilharmos desta alegria com as pessoas que tem grande importância emocional em nossas vidas e desfrutar a experiência dos sabores e sensações que este produto é capaz de nos propiciar e entender que a vida tem literalmente o seu lado doce e prazeroso, e   que só precisamos nos permitir usufrui-lo em toda sua plenitude para que possamos seguir em frente com mais ânimo e entusiasmo.

Aliar o período do renascimento de Jesus Cristo com o prazer de saborear as delícias do chocolate é uma boa forma de repensar as nossas atutides, nossos erros, nossas escolhas e assim entendermos como deverá ser a nossa postura de agora em diante, para que não voltemos a cometer mais os mesmos erros e sim novos erros, pois isto nos fará amadurecer e evoluir ainda mais. Tudo isso, regado a muito chocolate, com direito a se lambuzar, a ganhar uns quilinhos a mais sem o menor sentimento de culpa, pois comer chocolate é uma das melhores coisas da vida. E vamos combinar!Sem tem uma coisa que não combina com culpa, rigidez e mal humor, seguramente é o chocolate.

Quem curte de verdade um bom chocolate, sabe curtir o lado bom da vida, visto que é isso que as delícias do chocolate representa. A delícia de viver!Boa Páscoa!